terça-feira, 22 de novembro de 2011

Corta...


Lá dentro, não existe lareira de lume a sério, apenas uma máquina escondida que lança a temperatura certa. Entro e saio da sala com a conversa. A noite, sem lua clara é breu e o frio dá-me chicotadas nas pernas que mostro por vaidade, tanto cachecol e golas altas que me abafam o pescoço mas as pernas geladas! Cá fora, aquecem-me pessoas boas, amigas... amigas. Conversa-se sobre este estado de compromisso geral, as justificações deste estado social. Discutimos a desdita que nos andou a bater à porta com pancadinhas suaves. Tenta-se encontrar quem empurrou o carrinho da desgraça e nos levou encosta a baixo sem travões. Acidentes de percurso democrático. Não aceitamos que nos cortem sonhos e agora os tecnocratas frios aparecem e vêem apenas coisas, parecem esquecer-se das pessoas. Eles escolhem palavras colossais para definir e justificar esforço. Degolam, cortam e cortam, actuam ferozes agressivos com ar sereno. A voz é lenta, monocórdica, enfadonha que até apetece esganá-los, abaná-los e chamar-lhes nomes feios. Não adianta... o frio continua a chicotear-me as pernas.Voltamos para dentro rindo-nos e expressando ideias de como serão eles com uma mulher... lentos e monocórdicos, ou tecnicamente correctos? Bahhhhhhh Corta!




Imagem: Galeria de obras de  Ernest Ludwig Kirchner
Com carinho
Mz

12 comentários:

El Matador disse...

Só me apetece é distribuir chapadas a torto e a direito a essa gente de que falas.

pinguim disse...

Excelente!
Magnífico retrato literário dos nossos dias, neste nosso(?) país.

Mz disse...

El Matador,
então, junta-te ao grupo!

Mz disse...

Pinguim,
é uma realidade que a minha câmara literária fotografa desta forma...

Pedrasnuas disse...

O teu texto sintetiza o atual panorama da nossa vida....o nosso mundo está a tornar-se metal vivo....uma desgraça!!!! Foi um prazer muito grande ler-te. Obrigada e beijinhos

Mz disse...

Pedrasnuas,
e o "carrinho da desgraça" vai Europa fora...
Bjnhs

Rafeiro Perfumado disse...

Devem fazer uma lista das coisas que podem cortar:
Preliminares? Corta.
Cigarro no fim? Corta.
E vão directos ao que importa...

Mz disse...

Rafeiro Perfumado,
ora pois... a técnica é imperfeita!

Lilá(s) disse...

Um belo retrato! tens uma boa máquina já percebi...
Bjs

Mz disse...

Lila(s)
agora fizeste-me rir...

Bjs

Johnny disse...

Coitado do Vitor Gaspar...

Mz disse...

Johnny,
eu sou políticamente correcta...não disse nomes!!!