terça-feira, 13 de outubro de 2009

A Porta



É tão difícil fechar uma porta pela última vez...
Deixar para trás imagens de vida. Pedacinhos soltos de mim. Retratos de um dia a dia em que cada canto tem uma história. Paredes que testemunharam conversas, brincadeiras, risos e choro. Janelas de ar fresco onde esvoaçaram cortinas e ondularam os perfumes da flor de laranjeira e do jasmim...
É tão difícil fechar uma porta pela última vez. O jardim será de outras mãos. Não serei eu que na próxima primavera, colherei as primeiras rosas! Já não saborearei os primeiros frutos...
O mel dos figos já não adoçarão a minha boca.
É tão difícil fechar uma porta pela última vez...



(Fotografia de: Sérgio Ferreira)

com carinho
MZ

9 comentários:

momentos disse...

Fechamos tantas pela nossa vida fora. E a nostalgia que nos aperta a alma fazendo brotar lágrimas escondidas e choradas no interior.Mas como tudo na vida...fecham-se umas mas abrem-se outras. Para outros jardins e certamente que será o teu caso ;) bjo

paulotpires disse...

a ideia é abrir sempre novas portas, fechando bem as que deixarmos para trás...
um beijinho

Rafeiro Perfumado disse...

Não é assim tão difícil, é termos o cuidado de, antes de fechar a porta, fazer uma cópia a mais da chave!

Blackberry disse...

Vejo que também andas numa maré de mudanças por aqui... ;o)

Seja de que tipo forem, as mudanças, certamente serão positivas. Às vezes faz bem abrir uma nova porta... respirar um novo ar...

Beijinho muy grande

papoila disse...

Tempos de mudança!
Dá um nó na garganta!
Pensemos que se fecha uma e se abre outra e que tudo vai correr bem.
Beijinhos

AnaMar (pseudónimo) disse...

Pensa nas portas que poderás abrir.Eu que tenho dificuldade em fechar portas, vou deixando-as encostadas, mas é pior, muito pior.
E mesmo que sorrias a pensar que o perigo vem das correntes de ar, é que a realidade ensinou-me, que não conseguimos abrir as portas seguintes, sem as anteriores devidamente fechadas.

Mudança, traz saudade. mas traz novidade.

Deixo um convite:

http://um-cha-no-deserto.blogspot.com/2009/10/convite.html

E abraços e beijos

Sara disse...

Bonita reflexão.

De facto é muito difícil fechar certas portas na nossa vida, quase como se elas fossem parte de nós, da nossa vivência.

Mas na nossa caminhada, vamos encontrando diversas portas, uma que estão fechadas para nós a sete chaves, outras que se abriram e fecharam com o tempo e outras que ainda estão por abrir... são a essas que nos temos de agarrar como se de uma oportunidade se tratasse. Bjs

Fátima disse...

Com certeza é dificil fechar as portas em nossas vidas...mas dizem que quando se fecha uma porta,sempre se abre uma janela(porta)...assim é a vida,sempre é complicado deixar algo para traz...mas a vida continua lá na frente,em frente de uma nova porta...
bjss e seu core...

MZ disse...

Momentos,
na verdade eu já tenho outro jardim, mas não me deixam trabalhar nele, nem colher as rosas... não é só meu... e este jardim não mora na aldeia!
Essa é a diferença...
bjo

Paulo tpires,
esta porta vai ficar sempre mal fechada... sempre!

beijinho

Rafeiro Perfumado,
vou pensar nisso...

:)

Blackberry,
agora respiro o mar, mas para trás ficam as raízes...

beijinho muy grande para ti também

Papoila,
um nó no corpo todo, tu sabes...

beijinhos


AnaMar
saudade... saudade... saudade...

Xi-coração

Sara,
esta porta pesa... está presa às raízes minhas raízes.

bjs

Fátima,
sim... sempre com a mesma vontade de VIVER!

bjs