quarta-feira, 15 de abril de 2020

Abril em casa e o confinamento.



No silêncio deste confinamento generalizado, ainda sentimos que o melhor lugar é a nossa casa. O desafio de fotografar e passar uma mensagem de harmonia do que vem de fora, e a capacidade de a transformar dentro das nossas paredes, é um desafio. Deixo-vos uma espécie de cabaz fotográfico muito caseiro dos meus dias, num sítio em que o alimento puro passa pelas palavras, pelo emocional e espiritual, onde o aconchego acontece e também se come de tudo um pouco. 


12 comentários:

Isabel disse...

Gosto especialmente da primeira foto!
Bom dia e saúde:))

chica disse...

Estamos todos assim,EM CASA! Adorei tuas fotos e palavras e confesso, estou louca pra voaaaaar,rs...Sair da jaula!! Mas não dá! bjs, tudo de bom,chica

" R y k @ r d o " disse...

Boa tarde:- Pura e doce capacidade fotográfica. Inventar situações, alegra e acalma o espírito.
.
Cumprimentos solidários.

Cidália Ferreira disse...

As imagens são lindíssimas! O texto também!:)
-
Segue o meu imaginário ...
-
Beijos e um excelente tarde!
"Protejam-se"

António disse...

Lar, doce lar!
Saudações virtuais.

Ricardo Santos disse...

Também vou começar a fotografar. Tenho necessidade de o fazer e já tenho algo em mente !
Bonitas fotos mz !

Jordi López Pérez disse...

Hay que aguantar!!! Un fuerte abrazo, mz

Jesús Castellano disse...

Desde el confinamiento, nos conformaremos con disfrutar de fotos como estas.

Saludos.

Pedro Coimbra disse...

Por muito aborrecido que possa ser o confinamento é absolutamente necessário.
Bjs

luisa disse...

Um confinamento com extremo bom gosto. :)

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

Graça Pires disse...

Lindas as fotografias e as palavras. O confinamento é mesmo um desafio à nossa imaginação.
Uma boa semana com muita saúde.
Um beijo.