quinta-feira, 29 de novembro de 2018

A tranquilidade de um minuto.



Dias em que as águas sobem a correr na pressa de abraçar as árvores velhas, limpando passos, quiçá os meus. Fugazes momentos dos espelhos, a luz de cenário idílico. Mérito do primeiro sol que transforma o frio no ameno, e o escuro num olhar áureo. É o ´locus amoenus´ de um minuto. Com sorte, uma Garça* em terra, e o bucólico acentua-se como paisagem absoluta.

*Garça-branca-pequena (Egretta garzetta)






11 comentários:

Gil António disse...

Olá:- Fotos deslumbrantes.
.
* Utopia de um Amor delirante *
.
Cumprimentos poéticos.

chica disse...

Momentos maravilhosos podemos ter e ver em um minuto! beijos, chica

Cidália Ferreira disse...

Fantástico texto e imagens! Amei!


Beijos- Boa noite!

David M. Gascoigne, disse...

Beautiful images.

Pedro Coimbra disse...

Duas fotos conseguidas no momento exacto.
Bfds

Larissa Santos disse...

Adorei esta publicação. Excelente:))

Hoje : Pensamentos libertinos nas ondas do mar
Bjos
Votos de uma óptima Sexta - Feira

Ricardo Santos disse...

Excelente fotos e palavras mz ! Boa exploração das profundidades de campo !

Mar Arável disse...

Bela garça
Bj

Graça Pires disse...

E que bem fica a garça no bucolismo da paisagem… Fotografias que transmitem tranquilidade…
Uma boa semana.
Um beijo.

Jesús Castellano disse...

Cierto que estas imágenes transmiten tranquilidad.

Saludos.

V.C. disse...

Textos e fotos revelam um olhar e um coração sublime. Muitos parabéns. A obra já merece um livro.