quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Ver...


Hoje não me apetece escrever sobre o tempo ou sobre pessoas...
Não me apetece olhar para o relógio nem para o calendário.
Hoje, o que me apetece é, VER.
Ver para além do óbvio.

Talvez careça de um objecto que aumente o que eu não consigo ver com evidência. Ou mesmo um objecto que me mostre o que não vejo.
Talvez um aparelho sofisticado bem ao estilo dos grandes laboratórios científicos. Qualquer coisa que me amplie milhões de vezes as coisas que eu não consigo enxergar a olho nu. Talvez eu nem queira ver nada. Nada! Nem mesmo o que se me depara pela frente com óculos de ver ao perto e ao longe. Óculos não! Não uso óculos.
Voltando aos objectos...
Talvez uma lupa ou um par de binóculos me ajudassem a ver tudo mais nítido e, o que se me apresenta longe, se torne mais próximo de mim. Próximo, tão próximo ao ponto de desfocar completamente e tudo se tornar numa mancha branca onde eu poderei finalmente desenhar o que quero para hoje.

Deixar o céu em branco, pintar nuvens de azul.
Desenhar um sol alaranjado de olhos esbugalhados e sorriso muito rasgado.
Uma casa amarela com uma chaminé sem fumo.
Uma flor em cada vaso no jardim.
Árvores com laranjas e maçãs penduradas.
Um homem e uma mulher de mãos dadas num caminho simples, sem encruzilhadas e sem curvas até ao infinito.

Esquecer o complicado.
Ser infantil, básica e simples.




Imagem :Google




Com carinho
Mz

16 comentários:

gatinhafofa disse...

um texto realmente bonito e interessante!! amiga se tens curiosidade então em ver visita o meu blogue e divulga-o, pois eu sou novinha aqui no blogspot, tenho os meus blogues da sapo mas aqui apenas nasci hoje. portanto amiga te peço divulga-me que é para eu começar a ter comentarios. um grande beijinho para ti!!

Mariavaicomasoutras disse...

Percebi...queres ver o paraíso que está dentro do teu pensamento e à nossa volta mas que alguns se apressam a estragar dizendo que somos utópicos...

Bjo*

Chica disse...

Que lindo isso...E temos tanto pra VER, realmente VER e perceber à nossa volta! beijos,chica

papoila disse...

Se calhar o que tanto queres ver e não consegues é porque não está cá fora....olha para dentro e quando compreenderás muita coisa...
xx

Carolina Tavares disse...

MZ acho que disseste tudo... ser infantil, básica e simples.

Beijo

Mz disse...

Gatinhafofa;
então bem-vinda ao blogspot!
A essência do que irás transmitir no teu espaço por si só se encarregará de te dar o que tanto pedes.

Obrigada pela visita e pelo comentário.
bj

Mz disse...

Mariavaicomasoutras;
existe um "paraíso" dentro de todos que todos queremos transportar para a vida real. Seja um "paraíso" realista ou fantasiado, utópico ou até aquele à moda de "Adão e Eva" :)
Enfim cada indivíduo terá o seu...

Bjs

Mz disse...

Chica;
é verdade Chica resta-nos ver com olhos de VER!!!

beijinhos

Mz disse...

Papoila;
por vezes queremos o simples mas o complicado é mais apelativo...

beijinhos

Mz disse...

Carolina T.
como seria bommmmmmmmmm!!!

beijo

Lilá(s) disse...

Depois de ler este texto lindo resta-me deixar-te uma tela em branco com pinceis e tintas de todas as cores, assim poderás pintar o teu quadro que vai ficar lindo, porque tu tens "olhos de ver"...
Beijinhos

Mz disse...

Lilá(s)
só agora me dei conta que o arco-íris não está presente... será um sinal de egoísmo?

Beijinhos

Rafeiro Perfumado disse...

Há certas coisas que não convém ampliar, quanto mais longe melhor. Imaginas ver o Zezé Camarinha ampliado uma data de vezes? Ou a Odete Santos? Jazus...

Beijoca!

Mz disse...

Tens razão Rafeiro, nem pensar!

bjs

Vida de uma ex Drogada disse...

Oi MZ,

Vc desenhou um belo quadro com tuas palavras, possível de vê-lo.

Beijos

Mz disse...

Vida;
um quadro sem complicações, infantil, básico e simples.

Difícil de se aplicar na vida real.
bjs