sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Escrever...


Se um dia alguém escrever para ti com paixão partilhada,
Guarda essas palavras como um alfabeto de emoções.
Guarda as palavras do momento.
Guarda o papel se assim for...
Mesmo que aches ridículo anos depois,
Mesmo que já não te digam nada essas palavras...
Guarda-as, se um dia alguém escrever para ti.
Serão da tua história, do que tu foste, partilhaste e um dia também, sentiste.




Óleo sobre tela de Henrique Bernardelli aqui

 
Com carinho
Mz

12 comentários:

Carolina Tavares disse...

Existem de fato coisas maravilhosas a se guardar.

pinguim disse...

Até porque a palavra escrita em papel é cada vez mais rara, infelizmente.

Johnny disse...

Convém guardar tudo o que seja bom e deitar fora o mau.

Lala disse...

está lindo!!! Eu costumava escrever cartas de amor (por exemplo) na minha adolescência. e escrevia textos ou poemas dedicados às pessoas de quem gostava (gosto). Hoje não sei se guardam... mas eu tenho tudo guardado no meu caderninho!

Bj*

Mz disse...

Carolina T.
também concordo, por isso escrevi este pequeno texto.

Mz disse...

Pinguim;
e a culpa é dos tmv e dos pc's...
Quantas mensagens lindas se perdem!

Mz disse...

Johnny;
também concordo, guardar só as coisas boas!

Mz disse...

Lala;
só guardo o que recebi.

:)

Vida de uma ex Drogada disse...

Oi Mz,
Partilhar é algo que se tornou "cura" em minha recuperação, seja ela escrita ou dita.
Quanto a guardar o que nos recebemos tenho papeis de quando tinha 1o anos...e não me desfaço..rs
Beijos

Lilá(s) disse...

Tenho esse velho hábito, guardar pequenas ninharias que me trazem boas recordações.
Bjs

Mz disse...

Vida,
curiosamente não tenho nem um bilhetinho de quando era criança, que sorte a tua!

bjs

Mz disse...

Lilá(s)
e é tão bom rever as ninharias que nos fazem felizes!

Bjs