sábado, 12 de junho de 2010

Uma luz no olhar...


O dia já vai alto lá no largo.
Levantam-se os velhos dos bancos e espreitam a capela.
Cheira a flores e a suor.
Brilha o Santo de nome António, rosto corado, quiçá envergonhado...
Tantas raparigas para uma imagem tosca de calcário!
Teimosas, afogueadas, de peitos empinados, as mordomas que são solteiras, continuam a dar-lhe lustro. Esquecem-se todos os anos que ele já fora homem um dia...
Empoleiram-no no andor, enfeitam-no de flores e feto-real.
Está pronto, amanhã vai arejar!
Rejubila uma vez por ano, para depois voltar de novo à clausura.
É tempo de festa na aldeia...
Os velhos falam de reumático, de procissões e acendem uma luz no olhar.






Fotografia de: Jfifas

Com carinho
MZ

15 comentários:

pinguim disse...

O Santo António já me disse tanto...
Hoje não me diz nada!

MZ disse...

Querido Pinguim,
ficam as boas recordações, verdade?

um beijinho

papoila disse...

Coitado, ele areja tão pouco!
Na tua aldeia, festejas o S. João?
xx

MZ disse...

FAzem-se umas fogueiras particulares na rua com caldo verde e outras iguarias da época, mas a grande festa é hoje...
O Stº António!!!
:)))

Lilá(s) disse...

Adoro as festas na aldeia sejam elas do que forem. Com caldo verde á mistura fico salivando...
Bjs

MZ disse...

Nem sempre posso estar presente, com muita pena minha...:(

beijinhos

Eva Gonçalves disse...

Tive de "gramar" o Santo António festejado na capela semi-pública da quinta dos meus pais, durante muitos anos, com foguetes a caír em cima da cabeça em qualquer momento e Art Sullivan em colunas que se ouviam a km de distância, rrssss... com toda a certeza, um Santo António diferente do de Lisboa!! Mas participava na procissão de anjinhos e tal... :)) Penso que descreveste bem a coisa...
Na realidade, vim me despedir, pois estou a aboandonar a blogosfera. Tem um selinho para quem quiser no meu blogue. Um beijinho e até sempre.

Helga disse...

MZ, não resisti e fui recordar os 'meus' velhotes no teu largo anterior. Os anos passam, as tradições passam, mas como dizes e muito bem - ficam as recordações. Tenho tantas...

Um beijinho :)

MZ disse...

Eva Gonçalves,
já te deixei uma palavrinha no teu 'Big Chill'
com muita tristeza vou buscar o selo e colocá-lo aqui com muito carinho.


um beijinho e até sempre!



Helga,
tu foste ler o post 'O largo' e fizeste muito bem, pois foi no seguimento dele que eu escrevi este Stº António.

Um beijinho!

Rafeiro Perfumado disse...

Luz no olhar faz-me sempre pensar em interrogatórios!

MZ disse...

Não estamos no tempo da inquisição... pois não Rafeirito?

Olga disse...

As festas da nossa aldeia!

MZ disse...

Olga,
as festas da aldeia são básicamente todas iguais... por isso falamos a mesma linguagem...

um beijinho

José Ríos disse...

...precioso encuadre y composición. En ByN quedo genial
Saludos

MZ disse...

Muito obrigada José.

Saludos