sexta-feira, 7 de maio de 2010

Diz-me...



Diz-me que és vento este Mês de Maio...
Diz-me...
...

Fosse eu vento, este mês de Maio
para agitar teu corpo
roubar o teu vestido
e soprar flores para te enfeitar

Fosse eu vento, este mês de Maio
para te enlear de beijos
desnudar o meu desejo
ofegar em melopeias de prazer

Fosse eu vento, este mês de Maio
em leito nupcial
fecundar teu corpo, levitar...
e gerar mais amor, mais desejo, mais tudo.





(fotografia de: keith Carter)





Com carinho
MZ



12 comentários:

Olga disse...

Adoro este mês (Maio), fui mãe pela primeira vez. Adorei a imagem e o poema é fantástico. Beijinhos grandes MZ.

MZ disse...

Olga,
Maio é um mês esteriotipado, com uma carga emocional muito grande.
Diz-se que é o mês de Maria, o mês das noivas, da fertilidade, entre outros.
É um mês que diria eu, muito feminino e delicado e muito querido.

Para ti que foste mãe neste mês, tem essa carga emocional de que falo.
Aproveito para parabenizar-te e agradecer o teu regresso.

beijinhos

Lilá(s) disse...

Forte a inspiração para este mês de Maio! está estranho este ano...
Bjs

pinguim disse...

Concordo contigo: Maio é um mês perfeitamente feminino...~
Beijinho.

Helga disse...

Lindo! Lindo! Lindo! Maio é um mês tão especial para mim, pela positiva e infelizmente também pela negativa. Adorei cada palavra!

E a foto? Magnífica!!! Posso ficar com ela para mim? É perfeita para um texto que fiz.

Beijinhos :)

PS: Deixei uns miminhos para ti lá no meu blogue.

MZ disse...

Todo o rastilho pega quando faz faísca Lilá(s)... aqui foi sem dúvida este vento do início de Maio.

bjs

MZ disse...

Pinguim,
eu sinto-o assim...

MZ disse...

Helga,
de coração, espero que o positivo supere o negativo.
A foto é linda, é pública e está identificada. É para partilhar :)

A sério?... Vou ver os miminhos...
obg

papoila disse...

Mz,
Como não tenho nada a dizer...tens lá um prémio para compensar o teu esforço!
xx

MZ disse...

O esforço é relativo.
Se escrevesse de política ou de futebol seria muito mais fácil de comentar.

Porque será que os presentes chegam sempre todos juntos? :)

Vou já ver.
Obrigada

Rafeiro Perfumado disse...

E se for vento que carrega a nuvem de cinzas, gostas na mesma? ;)

MZ disse...

Não, não... por favor, essa núvem já fez estragos suficientes.

:)