domingo, 25 de abril de 2010

Hoje...


Abril de águas mil...
Abril de espera e de campainhas
Do compasso e dos passos
Abril púrpura
Abril do senhor, da cruz e da agonia
Abril de água benta
Abril dos ramos de oliveira e do cheiro a alecrim
Abril nas ruas e dos cravos também
Abril vermelho e de promessas mil
Abril de todas as cores
De todas as palavras...
Abril de sonhos e de quimeras
Abril de desespero e de pranto
Mas de liberdade

Hoje!



(imagem:Google)


Com carinho
MZ






11 comentários:

Lilá(s) disse...

E neste Abril, é preciso continuar a acreditar no sonho...
Bjs

Helga disse...

Mas de Liberdade!

Muito bonito. Muito mesmo.

Um beijinho :)

pinguim disse...

Nunca é demais homenagear Abril...
Beijinho.

Maria Otilia Rodrigues disse...

Olá
Hoje acordei e apeteceu-me dizer algumas palavras para ti:
Transmites-me Paz mesmo quando estamos a combater no Dojo. Os teus olhos transmitem serenidade e doçura mesmo quando olhas com firmeza.
Foi uma benção ter-te conhecido.
Continua serena e sensível para bem de todos que te rodeiam.

MZ disse...

Lilá(s),
este ano e sempre!
Bjs

MZ disse...

Helga,
De 'Liberdade'
Conquista feita por outros, para todos nós!
Cabe-nos a nós dar continuídade...

MZ disse...

Isso mesmo Pinguim... nunca é demais homenagear e lembrar a quem pensa que este país foi sempre 'livre' em manifestar ideias e pensamentos.

beijinhos

MZ disse...

Ai Tila... tu derretes-me com esses mimos.
Também foi muito bem teres entrado na minha vida!

um grande xi-coração

Dylan disse...

Abril, sempre, apesar de tantos saudosistas!...

Sara disse...

Apesar do sonho de Abril estar hoje bem adormecido é sempre válido pelos valores nele envolvidos. Se não fosse Abril, se calhar não estávamos aqui hoje a expressar as nossas opiniões. Nem que seja por isso, vale a pena recordar e ainda assim acreditar que este sonho se poderá tornar realidade. Bjs

MZ disse...

Sara,
sem esse Abril, não estaríamos aqui a teclar na blogosfera com toda a liberdade de expressão.
Não decerteza absoluta... não aqui em Portugal!