segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Madrugada


Ainda é madrugada...
Madrugada de Agosto

Uma serenata de gaivotas despertou o meu sono
Quisera eu trocá-la pelo sussurro das tuas palavras no meu ouvido
Mas foram as gaivotas... eu sei!
Ao meu lado,
deita-se um deserto
que não é dourado nem é de areia
é um deserto branco de lençóis de algodão
Mas eu gosto de lençóis de algodão!
Gosto de me enrolar neles com meu corpo nu
Assim...
como se enrola algodão doce em pauzinhos de madeira
Deixo-me embalar, meio acordada meio a dormir
abraço Hipnos
e deixo-me ficar num estado de quase rêverie
Sinto-me fios de açúcar...
Sonho-me algodão doce que se enrola no teu corpo,
algodão de todas as cores
Sonho-me num bailado lento e demorado
Sonho-me macia
a derreter-me na tua boca
Sonho-me...
Porque era este o meu querer nesta madrugada de Agosto

E as gaivotas,
benditas!
Que me acordaram e envolveram no seu voo
O meu sono
O meu sonho
O meu desejo!



(Imagem Google)






com carinho


MZ

8 comentários:

DocePecado disse...

Que doçura ....
Beijo

A.S. disse...

Respiras suave e docemente
no sono tranquilo
até o sonho se diluir no sol
ou partir no voo das gaivotas!

Beijos...

Anne Baylor disse...

Doce mesmo é o fim do sonho..
Quando ele acontece..
Mas sempre tem alguma gaivota pra roubar da gente esse final surpreendente.

Um beijo>>

Rafeiro Perfumado disse...

Silêncio e gaivotas não joga uma coisa com a outra. O som seguinte seria o de uma caçadeira!

MZ disse...

Doce Pecado
foi mesmo doce...
beijo

A.S.
muito suave e tranquilo...
beijos

Anne Baylor,
as gaivotas, foram uma malandrecas que me acordaram!

Rafeiro Perfumado,

só um rafeiro como tu para te lembrares da caçadeira... valeu a serenata pois eu gosto do som das gaivotas!
(risos)

papoila disse...

Hoje li isto:
"o amor é o único sonho que não se sonha.."
Paul Fort-"baladas francesas"
xx

intimidades disse...

lindissimo

adorei o teu blog

Jokas

Paula

MZ disse...

Papoila,
mas o amor "sonha-se" todos os dias porque o sonho comanda a vida e a vida sem amor,é fria calculista... O amor sonha-se e sente-se nas mais pequenas coisas...

um xi


Intimidades,
obg... és sempre bem vinda!
vou visitar-te :)

bjo