segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Mil e um Livros


Hoje conheci um homem com mil livros. Tem poderes para além do normal e lê apenas por poisar os olhos nas páginas. É rápido e com visão de águia. Retém histórias e acontecimentos. Olha, observa e captura. O homem dos mil livros também faz poemas. Guarda-os. Guarda também escritos num turbilhão de ideias das quais provavelmente, já nem se recorda. Se assim for, vai contra tudo o que é ter poderes para além do normal, mas ser homem e carregar mil livros na vida, é muito peso. Perdoa-se se algo ficar para trás. Os guiões e personagens criadas ficam a pairar pelas noites de silêncio. Quanto desperdício de talento! Bastava-lhe organizar o legado, e poderia chamar-lhe eu, o homem dos mil e um livros.
Mz
Imagem: Almada Negreiros
Desenho a lápis 1939 aqui

18 comentários:

Mariavaicomasoutras disse...

Mil e um livros que carrego
Nesta vida navegando
todo o meu saber eu lego
aos que os vão saboreando!

Uma vida em tantos livros
escritos em mil retalhos,
fazendo dos meus sentidos
um castelo de baralhos.

Escrevo porque me esqueço
das coisas que vão passando.
Desta forma eu apareço
personagens encarnando.

Ao ler-te agora MZ
nos teus afectos e dúvidas,
já não pergunto porquê
Pois teus escritos são vidas.


Beijinho*

Mz disse...

Maria,
surpreendeste-me com este poema.
Eu e o homem dos mil livros agradecemos :)

Obrigada,
Bjs**

Laura Santos disse...

Espero que tanto guião e tanta personagem não fiquem durante muito tempo a pairar e obtenham realização,
para que o peso dos mil livros ajude a tornar a alma cada vez mais rica e leve ;-)

Muito bem dito mariavaicomasoutras!

Mz disse...

O homem dos mil livros tem de escutar estes conselhos. Eu já lhe disse que era um desperdício de talento :)

Muito bem dito Laura Santos!

João Roque disse...

Gostei muito, mesmo muito...

Mz disse...

João, ai gostou do homem dos mil livros?

Bjnhs ;)

Isa Lisboa disse...

Gostava de conhecer esse homem, mais os seus livros, mais os seus poemas!

Beijo

Mz disse...

Um homem com "poderes" para além do normal desperta sempre uma grande curiosidade.

Bj*

O Fulano disse...

Uau. Elevaste-me a mente...

Mz disse...

Mente elevada não se quer desperdiçada. Toca a trabalhar!

Nelson Rocha disse...

Quando um dia for, partir e não voltar todos dirão em voz franca o quão bom era, só um os olhará com suspeita,
- porque não lhe o disseram antes dele partir?,


cumprimentos,
NR

Mz disse...

É o ruído do quotidiano que lhes trava a voz.

E um dia quando partirmos, quase seremos santos...

Mary Brown disse...

Fiquei curiosa, quem será esse homem? Beijinhos

Lilá(s) disse...

Chamo a isso um desperdício de talento! olha a sorte que tu tiveste em conhecer uma pessoa assim!
Bjs

Mz disse...

Mary Brown, somos tão curiosas!!!

Bj**

Mz disse...

Lilás, quantas pessoas com talentos guardados...

Bjs

manuela baptista disse...

o homem que possui mil livros

solta os personagens
guarda os poemas
captura

quem têm visão de águia escreverá decerto mais um

porque apenas um, poderá ser mais belo do que os outros mil

e se for uma mulher?

um abraço, Mz

Mz disse...

Homem
Mulher

O que será, será.


Boa semana Manuela.