quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Farol...


Preciso urgentemente de um farol para os meus dias. Orientar-me num mar furioso. Sobreviver nas mais violentas vagas. Preciso de ver através do nevoeiro e, sentir outras coisas que não uma brisa cerrada. Preciso de saber o quanto faço as pessoas felizes.




Fotografia de D.K. em Olhares

 
 
Com carinho
Mz

19 comentários:

papoila disse...

"Saber o quanto faço as pessoas felizes" por incrível que te possa parecer, a resposta tu já a sabes e está bem guardada no teu coração!
xx e sê feliz!

Brown Eyes disse...

Bem MZ um farol não seria coisa que eu pediria, nunca me perderia em alto mar. No entanto acredito que alguém se perca. Amiga a mim fazes-me feliz. Um palavrinha tua faz-me falta. Beijinhos

Johnny disse...

A mim, como blogger e comentador, fazes-me medianamente feliz com os teus posts e comentários... para mais também não dá, mas já é bastante bom e, por isso, obrigado.

:)

pinguim disse...

Muito curioso este pequeno texto.
Há nele uma necessidade de orientares os teus afectos, e isso faz parte da felicidade própria, quantas vezes o esquecemos.

Carolina Tavares disse...

O Farol mexe muito comigo... me diz muito.

Que profundidade MZ... ¨Preciso de saber o quanto faço as pessoas felizes.¨

Beijos do meu mar.

Mariavaicomasoutras disse...

Pudesse eu ajudar!

Joana disse...

Todos nós precisamos de um BOM farol ! ;)

Mz disse...

Papoila;
és uma querida :)

beijinhos

Mz disse...

Brown Eyes;
o teu GPS nunca se avaria, estou a ver :)
Obrigada, tu também já me fazes falta aqui deste lado.

beijinhos

Mz disse...

Johnny;
"medianamente feliz" não é excelente, mas é muito bom!
E ter-te por aqui a leres e comentares as minhas pieguices, só posso dizer que te admiro, só tenho a agradecer.
Obrigada.

Mz disse...

Pinguim;
a sua análise é de mestre e vai totalmente ao encontro da minha reflexão.

beijinhos

Mz disse...

Carolina;
Os faróis também me fascinam por tudo o que representam na sua realidade por isso o escolhi como metáfora deste meu sentir.

O "quanto" será sempre uma dúvida.

Beijos deste mar.

Mz disse...

Mariavaicomasoutras;
ligada com as palavras ajuda de certa forma.
Obrigada.

Mz disse...

Joana;
estamos de acordo!
:)

Rafeiro Perfumado disse...

Isso não vai lá com um simples farol. É que o nevoeiro por vezes é tão intenso que só às apalpadelas é que conseguimos distinguir o caminho. Pode é dar azo a processos por assédio...

Mz disse...

Rafeiro Perfumado;
mas o farol tem uma luzinha, sabias?
Assim evito as apalpadelas desnecessárias. E eu gosto de faróis!

Lilá(s) disse...

Adoro faróis, se encontrar um á maneira prometo repartir contigo, de preferência com lampada economizadora...e vou-te dizendo, fazes-me feliz! adoro ler-te e receber os teus comentários.
Fica bem enquanto o farol não aparece.
Beijinhos

Otário disse...

eu nao vejo bem, nao ia lá nem com farol. e não é dos olhos, eles estão bem. é mesmo desleixo.

Mz disse...

Lilá(s)
com este sol de domingo e este comentário, eu é que fico muito feliz!

Obrigada.
Beijinhos




Otário;
eu tenho a minha visão a 100% por isso também não é dos meus olhinhos :)