sexta-feira, 12 de março de 2010

Neblina



De VELAS recolhidas e rasto suave

reconheço o ondular do teu BARCO.



Bastam-me as sombras curvadas dos homens
para me lembrarem que pescas no rio.



Na volta, de madrugada, à margem ribeirinha,
eu diria que o nevoeiro regressa contigo!


Confundem-me diáfanas as neblinas...



Não fossem os barcos poisados nas águas do TEJO
não saberia distingui-lo do CÉU!





com carinho
MZ


 
 
 
 
Fotografia do blogue de: Diário de Lisboa
                                                 (Rio Tejo - Cais do Sodré)
  

24 comentários:

Diário de Lisboa disse...

Mz,
Nem sei o que dizer.
tão bonito o texto...
Muito obrigado.
Bjs

MZ disse...

Eu disse que um dia lhe roubava uma fotografia, não foi?
Então agora já está!

não é para agradecer...
Bjs

Olga disse...

Fantástico o texto e a conjugação com a foto está maravilhosa. Parabéns. Bom fim de semana.

Beta disse...

Lindo!

Helga disse...

MZ, muito bonito. Deste uma vida à foto (foto fantástica devo dizer) muito maior do que a que ela já tinha. Gostei muito.

Também fui visitar o blog do Diário e fiquei rendida à sua paz e simplicidade. Muito bom!

Beijinhos aos dois, neste post... uma harmonia perfeita entre a imagem e as palavras.

:)

MZ disse...

*Olga,
esta foto, não é das que eu gosto mais mas, inspirou-me pela diferença e pela apatia aparente que transmite.
O Diário tem fotos muito bonitas do rio Tejo... é só ir lá e ver.
Vais gostar.
Bom fim-de-semana

MZ disse...

*BEta;
muito obrigada.

MZ disse...

*Elga;
O Diário de Lisboa, é um blogue que eu sigo e com ele vou descobrindo Lisboa de uma forma muito especial.
Como se existisse uma cidade feita de gavetas e elas se fossem abrindo em cada foto, mostrando-me não só o exterior mas o que existe dentro dela.

Que bom que visitaste e gostaste.
Obg
bjinhos

Eva Gonçalves disse...

Foto linda... acompanhada por umas palavras muito bonitas MZ. Adoro esses cenários de neblinas nos rios ou na praia. :) Beijinho

johnny disse...

Muito bom, sim senhor, podia enaltecer a última frase, que tão bem elogia o rio, mas ficava em falta com as restantes que estão igualmente bem. Very good.

MZ disse...

*Eva G.
sim eu também gosto e o tom desta fotografia levou-me até elas.
Beijinho

MZ disse...

johnny;
céu e rio, tom sobre tom... os barcos fazem a diferença.

Muito obrigada.

Brown Eyes disse...

Esta nublina retrata bem a foto. Lindo MZ. Beijinhos

MZ disse...

Também foi a primeira sensação que tive Brown Eyes.
obrigada
Beijinhos

AnaMar (pseudónimo) disse...

(N)um regresso que me deixa rendida ás palavras diáfanas que a nebelina inspirou. excelente foto, que tão bem enquadras.
(Vou espritar o "Diário..."

Beijo

pinguim disse...

A foto e o poema complementam-se na perfeição.
Parabéns!

MZ disse...

BEm-vinda de regresso Anamar!
A floresta do "Diário" é outra, mas vais gostar :)

Bjs

MZ disse...

Muito obrigada Pinguim!
bj

Sara disse...

A fotografia é linda mas o texto é maravilhoso! Juntos fazem a melhor parceria possível. Bjs

MZ disse...

Eu e o "Diário" agradecemos os elogios Sara, aliás todos vocês, neste post nos mimaram muitooooooo!
beijinhos

Ianê Mello disse...

Lindo poema.

Bjs

MZ disse...

Muito obrigada Ianê

bjs

Diário de Lisboa disse...

Muito obrigado a todos,Muito obrigado MZ.

MZ disse...

Diário de Lisboa;
sempre que houver um clic com uma foto sua, cá nos encontraremos...
bjs