terça-feira, 25 de outubro de 2011

Gula Reprimida...



Sem pudor em relatar a intimidade do meu sono, argumento aqui, o quanto a comida nos pode levar pelos caminhos do erotismo...
Mal acordei, culpei um pratinho de chamuças douradas que se adivinhavam deliciosamente crocantes. Não as provei, mas o seu aspecto, fez-me cobiçar o prato alheio num restaurante ao final da tarde de ontem. Por esta gula reprimida, passei a noite inteirinha a namoriscar um Indiano indefinido que me levou à tentação de cometer adultério de turbante. De olhos vendados por hipnos, sem cheiro nem sabor, apenas um embrulhado picante e impensável sonho erótico com um espécime que não aprecio de todo. A memória dos sentidos pregou-me assim esta partida e, acho que a partir de hoje, qualquer dentadinha numa chamuça  irá ter sempre uma ligação afrodisíaca que me fará beliscar a líbido.





Imagem: Óleo de Sylvia Ordonez



Com carinho
Mz

18 comentários:

✿ chica disse...

rssssss...Interessantes fantasias...beijos,tudo de bom,chica

Mz disse...

Chica,
rsssssss :))

Bjs

Brown Eyes disse...

ahahahah Chamulas, hum que bom. Adoro, adoro chamuças, indianos nem em sonhos provei. :) MZ nasci em Moçambique, já deves saber aproveito sempre uma oportunidade para o dizer, sabes que adorava a maneira como as indianas se vestia? Aqueles saris fascinavam-me. As indianas que vejo em Portugal não são tão finas, vestem-se à "balda". Beijinhos

Johnny disse...

Vê lá a criança não venha com a cara em forma de chamuça... essas coisas dos desejos são perigosas :)

JPD disse...

Eu não vejo qualquer problema em assumir as nossas pulsões, acalentar desejos,o que for.
Qualquer imagem que desafie os sentidos e dê corpo às pulsões, saudavelmente assumida significa que estamos vivos e desejamos, sem histerias, espalhafato, nada... O mais natural possível.

(Aqui para nós, já que ninguém nos lê (Rsrsrs) a exacerbação de desejos sublimados muitas vezes são chatos e sonolentos)

Bjs

Brown Eyes disse...

Esqueci-me de dizer algo importante: Esta tua imagem aliada ao sonho fez-me lembrar a pintora O'keefe. Ela em vez de frutos pintava com enorme sensualidade e beleza. Beijinhos

Brown Eyes disse...

Jarros. Pintava Jarros. Isto hoje não está a correr muito bem.

Mz disse...

Brown Eyes,
os Saris também me fascinavam, qunto aos turbantes, só o do Aladino :)
A pintura da O'Keefe enquadra-se bastante neste retrato de sensualidade, sim! Fui pesquisar:)

Bjnhs

Mz disse...

JPD,
já que ninguém nos lê, pois... foi por isso que eu escrevi sem pudor, o mais natural possível...
Concordo com o que escreveu.

Bjs

Carolina Tavares disse...

Que lindo texto, gostoso de se ler, transmite prazer, solto e sensual, de um erotismo sutil.

Beijos ;)

Mz disse...

Carolina T.
era um desperdício não escrever sobre isto...

Beijos ;)

Mz disse...

Johnny,
tu és terrível!...

Lilá(s) disse...

E porque não fantasiar? com esta ventania até que apetece... e venha uma chamuça
Bjs

Mz disse...

Lilá(s),
então pois, venha ela!
Bjs

O Profeta disse...

É com “Palavras” que pintarei sonhos
Navegarei mares, voarei sobre o azul do Mar
Aqui virei com elas pintadas de ternura
Aqui dexei um pouco do meu sonhar

Foi um gosto aqui passar


Terno beijo

Catsone disse...

Depois de ler este texto, a chamuça nunca mais será igual... no paladar e na mente.

Mz disse...

O Profeta,
muito bonito e muito gosto também!
Obrigada.
Bjs

Mz disse...

Catsone,
contágio... pronto!